LIMÃO INFORMA: Djokovic vê Medvedev esquentar a briga pelo nº 1

LIMÃO INFORMA: Djokovic vê Medvedev esquentar a briga pelo nº 1

Imagem da LIMÃO INFORMA: Djokovic vê Medvedev esquentar a briga pelo nº 1 Miami (EUA) - Mesmo que tivesse conquistado o título do Australian Open, o russo Daniil Medvedev seguiria atrás do sérvio Novak Djokovic no ranking, mas teria deixado a diferença entre eles 800 pontos menor. Contudo, a ausência de ‘Nole’ no primeiro Grand Slam da temporada fez com que a distância para seu principal perseguidor caísse para apenas 890 pontos nesta segunda-feira.

As próximas três semanas serão movimentadas para os dois primeiros da ATP, mesmo que eles não joguem. Isso porque neste período serão descontados os pontos referentes à ATP Cup e ao Australian Open de 2021, que foram disputados mais tarde do que o comum.

Djokovic aumentará sua vantagem para o russo na próxima semana, já que defende 140 pontos da ATP Cup contra 500 de Medvedev, com a distância indo então para os 1.250 pontos. Contudo, duas semanas depois será a vez do sérvio perder os 2.000 pontos do título no Melbourne Park, vendo a diferença entre eles chegar aos 450 pontos.

Inscrito no ATP 500 de Roterdã, que será disputado na próxima semana, Medvedev tem a chance de conseguir alcançar a liderança do ranking pela primeira vez se for campeão do torneio. Porém, para que isso aconteça, ele não apenas precisará do título na competição holandesa, mas também não ver Djokovic somar mais de 50 pontos nas próximas três semanas.

Outro fator que deixará a disputa pela ponta bem interessante neste mês de fevereiro é a defesa de Djokovic dos 500 pontos conquistados com o título em Dubai, torneio que acontece na última semana do mês.

Mesmo que Medvedev não consiga ultrapassar Djokovic nos próximos 30 dias, os dois chegarão muito próximos para a disputa dos Masters 1000 de Indian Wells e Miami, onde travarão uma nova corrida pela ponta com mais 2.000 pontos em jogo. O sérvio defende apenas 45 pontos neste dois eventos e o russo um pouco mais com 270.