Dicas para ajudar a criança a não viciar em aparelhos eletrônicos | Limão Tênis

Dicas para a criança não viciar em aparelhos eletrônicos

Imagem da Dicas para a criança não viciar em aparelhos eletrônicos Seu filho pode no futuro, tornar-se um adulto depressivo, com problemas de concentração, sedentário e refém da tecnologia. Pediatras do mundo todo alertam para a evolução do vício das crianças em aparelhos eletrônicos. Não podemos ignorar a praticidade da tecnologia para pesquisas escolares, comunicação entre amigos e até o entretenimento em jogos e filmes, mas as crianças não sabem mais o que existe no mundo real, pois, os próprios pais não conseguem dar o exemplo.
 
Vamos te auxiliar com dicas para a criança a não viciar em aparelhos eletrônicos. Não ache normal a compulsão do seu filho por celular ou videogame normal, pois, as consequências podem ser catastróficas para a saúde dele. Continue a leitura.
 

Seja exemplo para a criança não viciar em aparelhos eletrônicos

Não adianta dar bronca no seu filho para largar o celular se você mesmo não solta o seu “smartphone” nem para comer. Dê o exemplo primeiro e cobre depois. As crianças aprendem mais com exemplos do que com broncas.
 

Explique as consequências negativas do uso em excesso da tecnologia

Só pedir para o seu filho deixar um pouco o celular de lado não adianta. Uma conversa franca com a criança pode surtir mais efeito, pois, você pode dar exemplos de como o uso em excesso da tecnologia será prejudicial à saúde dele. Crie uma imagem negativa na mente do menino ou da menina sobre o vício em tecnologia.

 
Use um cesto para depósito de celulares

Existem momentos em família que deveriam ser sagrados, como sentar-se a mesa para se alimentar e família, assistir a filme ou uma conversa informal. Com um cesto para o depósito de celulares desligados antes desses momentos, pode ser uma boa estratégia.
 

Crie brincadeiras em família

Crie o dia dos jogos em família. Jogos de tabuleiro, mimica, memória e esconde-esconde, são alguns exemplos que podem servir como entretenimento. Muda a rotina e aumenta a expectativa dos seus filhos pela chegada do dia.
 

Leve o seu filho para ver a natureza

Parques públicos são espaços que estimulam o distanciamento das crianças de seus celulares, pois, geralmente a estrutura oferece um espaço amplo para correr, quadras poliesportivas e a possibilidade de admirar animais e a natureza mais de perto.
 

Incentive a prática de esporte

Esporte é mais que uma competição, é vida! O corpo e a mente se desenvolvem com qualidade, o sistema imunológico se fortalece e diminui a ansiedade nas crianças, evitando a obesidade e problemas cardiovasculares. Além da natação, futebol, vôlei e basquete, o tênis vem se tornando uma modalidade muito popular entre as crianças, pois, as mesmas desenvolvem condicionamento físico, velocidade de raciocínio, aprendem disciplina,  espirito esportivo e fazem novas amizades.
 
Se você conseguir implantar em seu lar uma dessas dicas, já é um começo para ajudar a criança não viciar em aparelhos eletrônicos, porém, como dito nesse texto, incentivar o seu filho a praticar esporte é primordial, pois, auxilia na melhora da saúde, desenvolvimento de raciocínio mais rápido e agilidade na coordenação motora.
 
Por isso, recomendamos a leitura do seguinte conteúdo. aula de Tênis para crianças: saiba tudo sobre as dinâmicas para o aprendizado. Descubra uma atividade que ajudará o seu filho a prosperar em todas as etapas da vida.